Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

Gregório Duvivier sobre Clarice Falcão: amor ou negócios?

'Desculpe o transtorno, preciso falar da Clarice', o texto de Duvivier que viralizou na internet

Por Da redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h51 - Publicado em 14 set 2016, 16h56

A segunda-feira, dia 12, começou com milhares de compartilhamentos nas redes sociais da mais recente coluna de Gregório Duvivier, ator, escritor e humorista (sócio do canal Porta dos Fundos), no jornal Folha de S. Paulo. Com o título “Desculpe o transtorno, preciso falar da Clarice”, o texto de Duvivier faz referência ao relacionamento que manteve com a atriz e cantora Clarice Falcão até 2014, quando se separaram. No primeiro momento, as críticas se concentraram no fato de Duvivier ter exposto seu relacionamento com Clarice. Depois, com o lançamento do longa-metragem “Desculpe o transtorno”, estrelado pelo ex-casal, a internet começou a desconfiar que talvez o texto fosse, na verdade, uma forma de chamar atenção para o filme.

O blog #VirouViral entrou em contato com a assessoria de Duvivier para confirmar se a coluna foi de fato planejada para o lançamento, mas não teve retorno.

Seja publicidade ou não (e isso em nada interfere na qualidade da coluna; e em como ela viralizou), esta não é a primeira vez em que as aparências na internet aparentam enganar (mesmo que por pouco tempo) quem compartilha as informações. Veja outros casos famosos (nesses, se comprou que o viral era, na real, uma ação de marketing):

Leia também
É pra se assustar com o vídeo que exibe como se dá a fabricação de jujubas (usando carne de porco)?
Notícia xing ling: Chinês não chamou presidente de Mr. Fora Temer

  • O enterro do Bentley: em 2013, o socialite paulistano Chiquinho Scarpa postou no Facebook que iria enterrar seu carro Bentley Continental. Estranho? Sim. Tanto que virou viral. Só que, dias depois, revelou-se que não se passava de uma ação para promover a doação de órgãos. “Eu fui julgado por querer enterrar uma Bentley, mas a verdade é que a grande maioria das pessoas enterra coisas muito mais valiosas que meu carro. Elas enterram corações, rins, fígados, pulmões, olhos. Isso sim que é um absurdo”, afirmou, então, Scarpa.
  • “Ela disse não”: na mesma toada de Duvivier, um anúncio no jornal Zero Hora colocou à venda um anel de ouro e contou a história de um relacionamento em um parágrafo, cujo final da história foi a negativa da pretendente que receberia o anel de noivado. No entanto, a peça fazia parte de um trabalho de mestrado em Escrita Criativa na Faculdade de Letras da PUC-RS.
  • O jantar da vingança: o site Reclame Aqui, dedicado à postagens de reclamações de produtos e serviços, fez uma “pegadinha” com executivos de empresas. Em um jantar, todos tiveram o pior atendimento possível e, ao receberem a conta, foram informados de que tudo havia sido de propósito. O resultado se espalhou rapidamente pelas redes sociais! Contudo, o site Blog do Curioso identificou que a empresa contratou atores para a campanha.
  •  The Cliché: a Heineken passou por uma situação semelhante quando lançou o vídeo promocional para a Liga dos Campeões deste ano. Após a repercussão na internet, foi divulgado que a agência de publicidade havia contratado atores para a campanha.

Reveja a campanha da Heineken:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=wrmKl_HV4-A?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Continua após a publicidade
Publicidade