Clique e assine a partir de 8,90/mês
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

Entenda: cadela de vídeo viral não confundiu dono com brinquedo gigante

Os donos da cadela Jolene, da raça golden retriever, tiveram uma ideia inusitada. Em um vídeo que viralizou na semana passada, o americano Ben Mesches aparece fantasiado do brinquedo preferido do animal. Nas imagens, Jolene fica bastante animada com a surpresa e começa a pular no dono. O vídeo foi publicado na página do perfil […]

Por Talissa Monteiro - Atualizado em 30 jul 2020, 21h23 - Publicado em 8 nov 2016, 18h00

Os donos da cadela Jolene, da raça golden retriever, tiveram uma ideia inusitada. Em um vídeo que viralizou na semana passada, o americano Ben Mesches aparece fantasiado do brinquedo preferido do animal. Nas imagens, Jolene fica bastante animada com a surpresa e começa a pular no dono.

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Femily.crisp.9%2Fvideos%2F1255179501168947%2F&show_text=0&width=400

O vídeo foi publicado na página do perfil da namorada de Ben, Emily Crisp, no  Facebook. Ela o filmou e postou o registro com a legenda “Como fazer o dia do seu cachorro… dê vida para o seu brinquedo favorito” e já teve quase 220 mil compartilhamentos. O blog #VirouViral conversou com especialistas para entender a reação da cadela. Será que ela realmente pensou que o brinquedo tinha ganhado vida?

Para o adestrador e especialista em comportamento animal, Ricardo Tamborini, o cachorro até consegue fazer a assimilação visual, ou seja, Jolene poderia ter reconhecido o objeto na fantasia. No entanto, ele diz que ela conseguiu identificar o dono pelo cheiro e pela risada que Ben deixa escapar em um momento.

LEIA TAMBÉM:
“Não acredito em meritocracia em um país desigual como o Brasil”, diz estudante carioca cujo post anti-Trump viralizou nos EUA
Gêmea fica arrasada ao descobrir que é 1 minuto mais nova que a irmã

De acordo com Ricardo, os sentidos do bicho são muito apurados. “No brinquedo ele coloca a boca, e no dono, não. É um sinal claro de que ele não interpretou a fantasia como um objeto. Cerca de 90% da comunicação dos cães se dá através da expressão corporal. Portanto, Jolene reconheceu o dono e entendeu tudo como uma brincadeira. Na internet, as pessoas levam para o lado pessoal, porque é fofo. Mas o cachorro não é bobo”, explicou.

A etóloga (profissional que estuda o comportamento animal em seu meio natural) e também especialista em comportamento animal, Helena Truska, concorda com Ricardo. Segundo ela, Jolene fica hesitante por alguns minutos porque tenta entender o que está acontecendo. Mas, quando reconhece a dona, fica feliz por estar diante da pessoa amada e não por achar que o seu brinquedo tinha ganhado vida.

Continua após a publicidade
Publicidade