Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

A rua de Teresina, no Piauí, que torce para a Argentina

E se os hermanos forem eliminados? 'Torcemos para a Alemanha. Para o Brasil, nunca!', responde o idealizador Raimundo Júnior

Por Luísa Costa Atualizado em 14 jun 2018, 19h56 - Publicado em 14 jun 2018, 17h20

Enquanto o país todo se colore de verde e amarelo para a Copa, a rua 8, no bairro de Real Copagre, Zona Norte de Teresina, Piauí, resolveu fazer diferente. Liderados por Raimundo Júnior, 35 anos, eles decidiram pintar e decorar todas as casas em homenagem à… Argentina.

“É muito frustrante torcer para o Brasil. Desde a última Copa estamos com esse chocolate entalado”, diz Raimundo, que trabalha com aplicação de películas, em alusão à traumática performance da seleção em 2014. “Sugeri à vizinhança, eles concordaram e cada um pagou 25 reais pelo material. Mas fui eu que pintei tudinho”, conta. Foram mais de quinze dias de trabalho .

Seu amigo Luciano postou as fotos em seu Facebook. Mas das quase 2.000 reações, mais da metade eram negativas — e muitos comentários, furiosos.

Ele explica que não foi a paixão que o moveu na empreitada. “Se a Argentina for desclassificada, vamos torcer para a Alemanha“, conta, “porque foi ela que meteu o 7 a 1 no Brasil”.

E por que tanta revolta? “Queríamos que fosse um protesto com o que tá acontecendo no Brasil. Muita gente sem moradia, sem hospital, sem escola, principalmente aqui em Teresina, porque os deputados roubaram o dinheiro todo.”

Questionado se a seleção brasileira ainda tem chance de conquistar um espaço em seu coração, Raimundo diz que é muito pouco provável. Entre os craques da atual seleção, nenhum chama sua atenção. “O último por quem tinha admiração era o Ronaldo Fenômeno. Essa nova geração só quer ficar rica, não liga para o Brasil”, diz.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade