Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

A história de vendedor que ganhou R$ 10 mil em campanha online

A campanha começou com um post só para estudantes da faculdade no Facebook. Depois de arrecadar a quantia, o caso viralizou na rede

Por Talissa Monteiro Atualizado em 30 jul 2020, 21h05 - Publicado em 22 dez 2016, 18h13

O faturamento mensal do vendedor de bolos Haroldo de Souza era de R$ 800. O lucro do comerciante, de 64 anos, vem de doces que ele vende em frente à universidade PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica). O negócio começou por sugestão do filho, que estuda no local. O problema: com o fim das aulas, nas férias, Souza não conseguiu mais a mesma verba para se manter (afinal, não estão mais lá os estudantes que compõem seu público).

Para tentar ajudar, um de seus clientes, o aluno de engenharia André Naveiro, de 20 anos, fez um post no grupo do seu curso no Facebook contando a história do vendedor e pedindo que os amigos contribuíssem com alguma quantia. Com isso, ele levantou R$ 10 mil para o comerciante. Ou seja, mais do que ele costuma ganhar em um ano de trabalho.

Para agradecer aos colaboradores, outro estudante, da área de comunicação, Wendy Andrade, de 23 anos (um dos doadores do montante), fez um post no seu perfil no Facebook. Na mensagem, havia ainda a foto do vendedor com os braços para o céu, como que agradecendo a Deus pela ajuda. Viralizou: a postagem já tem 144 mil curtidas e 23 mil compartilhamentos.

Ao blog, Wendy contou que a fotografia integra seu projeto Retrato Negro, no qual ele fotografa um negro por dia. “Esse foi o retrato número 118. Decidi fazer esse porque participei da campanha e me emocionei com a história. Em 3 dias, conseguimos arrecadar os R$ 10 mil. Com a viralização do post, essa história tão bonita não ficou só para a gente. Agora, várias pessoas estão procurando-o para oferecer  ajuda. O que ele vendia em 8 horas, agora vende em 40 minutos. É muito gratificante!”.

Continua após a publicidade
Publicidade