Clique e assine com até 92% de desconto
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Versão de luxo do ‘Álbum Branco’, dos Beatles, apresenta material inédito

Disco de 1968 é relançado cinquenta anos depois pela Universal

Por Redação Atualizado em 23 nov 2018, 18h43 - Publicado em 23 nov 2018, 07h00
The Beatles (Universal) //Divulgação

John Lennon e Paul McCartney divergiam em tudo, as composições de George Harrison eram desprezadas pela dupla principal, e Ringo Starr também se sentia menosprezado: os Beatles já eram uma banda estilhaçada quando, em 1968, lançaram o disco que ficaria conhecido como Álbum Branco. É um trabalho desigual, que no entanto traz algumas das maiores criações da banda, como While My Guitar Gently Weeps, Helter Skelter e Happiness Is a Warm Gun. Esta edição comemorativa das bodas de ouro do Álbum Branco recebeu tratamento de luxo do produtor Giles Martin, que realçou a força instrumental das canções. E há material inédito: as Esher demos, canções gravadas no estúdio caseiro de Harrison, e outras sobras de gravação. Incluem-se aí rascunhos de músicas que seriam aproveitadas nos discos-solo dos integrantes dos Beatles — Junk, de McCartney, e Child of Nature, que tempos depois Lennon regravaria como Jealous Guy.

Publicidade