Clique e assine com 88% de desconto
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘Um Lugar Bem Longe Daqui’: uma história de solidão – e assassinato

Depois de anos vivendo reclusa e sem habilidades sociais, protagonista se torna a principal suspeita de um assassinato na cidade onde mora

Por Raquel Carneiro - Atualizado em 13 ago 2019, 11h05 - Publicado em 9 ago 2019, 07h00
'Um Lugar Bem Longe Daqui'
//Divulgação

(Tradução de Fernanda Abreu; Intrínseca; 336 páginas; 49,90 reais e 34,90 na versão digital) Kya tem 6 anos de idade quando vê, aos poucos, sua família partir. Primeiro a mãe, seguida dos irmãos, todos fugindo do patriarca violento que, por fim, também se vai. Isolada em um casebre no pântano, a menina reproduz os ensinamentos da mãe na cozinha e do pai na pesca. O preconceito das pessoas da cidade próxima a condena a uma vida de isolamento, que resulta em uma inabilidade social. Depois de um salto temporal, entra em pauta na trama o assassinato de um popular jovem da cidade, que levanta a suspeita: e se a “mulher do brejo” — Kya adulta — estiver envolvida?

Best-seller nos Estados Unidos, o livro será adaptado no cinema por Reese Witherspoon.

Publicidade