Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Patrick Stewart e Katie Holmes brilham em drama sobre pianista

Em 'A Última Nota', o músico veterano Henry Cole encontra na amizade de Helen – ela própria ex-pianista – o que precisava para seguir na carreira

Por Isabela Boscov - Atualizado em 31 jul 2020, 13h03 - Publicado em 31 jul 2020, 07h00

Diante de uma plateia pela primeira vez em anos, o pianista Henry Cole (Patrick Stewart) trepida, transpira, quase cede ao pânico. Ao final, antes de se dobrar aos aplausos, tem de sair correndo, com a visão turva e o fôlego curto. Seu empresário (Giancarlo Esposito) o impele à frente, mas Cole acha que não é capaz de retomar a rotina de apresentações. O que o acalma e o encoraja a tentar é Helen Morrison (Katie Holmes), a jornalista que, depois daquele primeiro concerto, pede a ele uma entrevista. Ela própria ex-pianista — foi Cole que, anos antes, a impediu de prosseguir e frustrar-se —, Helen não só ama a música que ele faz, como compreende seus compassos internos. A entrevista evolui para a amizade, a convivência e então para algo sem nome, mas que parece capaz de adoçar esse epílogo de uma carreira. O filme é talvez polido e contido demais, mas Stewart está soberbo e Holmes, calorosa. Disponível no NOW e outras plataformas.

Publicidade