Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Museu Lasar Segall comemora 50 anos com exposição

Nova mostra homenageia aniversário da instituição em São Paulo e Maurício Segall, que morreu em julho deste ano

Por Da redação 7 out 2017, 05h26

O Museu Lasar Segall comemora 50 anos da sua fundação neste ano com a mostra 1967 – 2017 Museu Lasar Segall. A exposição, que já está aberta à visitação, faz uma homenagem à história do espaço e ao seu principal mentor, Maurício Segall, filho de Lasar que morreu em julho e dirigiu a instituição durante 30 anos.

Da esquerda para a direita: Maurício Segall, Dora Lucy Citti Ferreira, Lasar Segall, Jenny Klabin e Oscar Segall Reprodução/Divulgação

A exposição reúne acervos artísticos, bibliográficos e arquivísticos do local, como projetos da mostra Por Caminhadas Ainda Mais Distantes – As Emigrações Artísticas de Segall, realizada em 1997 nos EUA (Chicago e Nova York) e em 1998 em Paris.

  • O Museu Lasar Segall foi idealizado pela mulher do pintor, Jenny Klabin, após a morte do marido, em 1957. O trabalho de conservação e autenticação de obras não assinadas pelo artista demorou dez anos e rendeu uma série de exposições póstumas. Em 5 de agosto de 1967, quando os preparativos para a abertura da instituição estavam sendo feitos, Jenny morreu. Em setembro do mesmo ano, os filhos do casal abriram o museu na residência e ateliê dos Segall, na Vila Mariana, bairro de São Paulo, onde está instalado até hoje.

    Obra ‘Navio de Emigrantes’ de Lasar Segall Reprodução/Divulgação

    A exposição ficará disponível para visitação até o dia 24 de setembro de 2018 no número 111 da Rua Berta. O horário de funcionamento é de quarta a sexta-feira, das 11h às 19h. O espaço fica fechado às terças-feiras. A entrada é gratuita.

    Continua após a publicidade
    Publicidade