Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Michelle Pfeiffer vive socialite decadente na divertida ‘Saída à Francesa’

Comédia sobre uma viúva americana sem dinheiro que vai com o filho para Paris se sai bem ao apostar na extravagância sem noção

Por Isabela Boscov Atualizado em 4 jun 2021, 11h30 - Publicado em 4 jun 2021, 07h02

Completamente falida, a impossível Frances (Michelle Pfeiffer), socialite que um dia dominou a cena chique de Manhattan, pega uns milhares de euros arrumados às pressas, seu gato Little Frank e seu filho irresoluto, Malcolm (Lucas Hedges), e se manda para Paris em fuga dos credores e da humilhação. Se há uma coisa que Frances se recusa a perder, porém, é a pose. Ou a superioridade, ou o trato extravagante com o dinheiro. Entre as reservas em declínio e um problema bizarro com seu gato, Frances acaba ganhando um punhado de agregados díspares: uma viúva solitária (a ótima Valerie Mahaffey), um detetive africano (Isaach De Bankolé) e uma jovem vidente (Danielle Macdonald). O êxito da comédia adaptada por Patrick DeWitt de seu próprio livro está em abraçar sua excentricidade, começando pela performance over, mas deliciosa, de Michelle Pfeiffer. Disponível para aluguel no NOW e outras plataformas.

Publicidade