Clique e assine a partir de 8,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Los Hermanos viram as câmeras para os fãs em documentário

Sem lançar disco de inéditas desde 2005, a banda registrou a reação quase religiosa dos fãs durante a turnê de 2019

Por Felipe Branco Cruz - Atualizado em 15 Maio 2020, 21h11 - Publicado em 15 Maio 2020, 21h00

Só o fã que já teve a sua imagem transmitida no telão de um show ao vivo sabe a emoção que é ver a sua cara ali, gigante, exibida para milhares de pessoas no estádio, enquanto canta, grita e, em alguns casos, até chora ao som de seu ídolo. Pois, este é um dos objetivos do documentário Los Fãs Ao Vivo – Ponto de Vista dos Hermanos, feito pela banda carioca Los Hermanos, que mostra apenas aquelas câmeras que ficam apontadas para o público. Em tempos de distanciamento social, é um alento relembrar situações como estas, ainda não tão distantes, em que se aglomerar era possível (e divertido).

O documentário registra na íntegra as 27 músicas (1h37 de duração) que eles interpretaram na turnê de 2019, com cenas das 11 cidades brasileiras por onde passaram. No ar desde quinta-feira, 14, o filme foi lançado junto com um álbum ao vivo, já disponível nas plataformas digitais, com a mesma duração e quantidade de músicas do documentário.

Sem lançar álbuns de inéditas desde 2005, e sem tocar juntos desde 2015, embora tenham lançado no ano passado a canção inédita Corre Corre, o registro ao vivo da turnê de 2019 é um presente para os fãs. E não é um presente qualquer. Ao todo, eles se apresentaram para 250 mil pessoas, inclusive em estádios lotados, como o Maracanã, para 42 mil pessoas, e o Allianz Parque, para 45 mil.

Os fãs dos Los Hermanos durante a turnê de 2019 – Leo Aversa/Divulgação

Desde 2007, quando anunciaram um hiato, o grupo tem feito shows esporádicos pelo Brasil, enquanto seus integrantes seguem a vida lançando trabalhos solos. Cada reunião causa histeria nos fãs, que seguem o Marcelo Camelo, Rodrigo Amarante, Bruno Medina e Rodrigo Barba até hoje de maneira quase religiosa.

Mas essas turnês esporádicas são tão concorridas que ninguém se importa se Marcelo Camelo canta meio desafinado aqui e ali ou se Rodrigo Amarante entoa de forma quase incompreensível os versos de algumas canções. Tudo é desculpável, afinal, não é todo dia que eles sobem juntos ao palco. São defeitos que até chegam a ser charmosos.

Cena do documentário ‘Los Fãs Ao Vivo – Ponto de Vista dos Hermanos’ – Breno Galtier/Divulgação

Exceto por Corre Corre não há absolutamente nada de novo na turnê dos Hermanos. O repertório segue a receita do sucesso, feita sob medida para agradar, com Sentimental, Último Romance, Todo Carnaval Tem Seu Fim, Anna Júlia, Azedume e Pierrot.

Nesta segunda-feira, 18, outra novidade. Eles vão lançar mais um vídeo, desta vez um clipe em 360 graus de O Vencedor. Se faltava mais alguma coisa para agradar aos fãs, agora não falta mais nada.

Continua após a publicidade
Publicidade