Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Livro narra trama de aldeia submersa pelo fascismo e iludida pelo nazismo

'Daqui Não Saio' usa fatos como cenário para contar história de uma família pressionada de um lado pela guerra, de outro pela construção de uma represa

Por Raquel Carneiro - Atualizado em 13 mar 2020, 15h17 - Publicado em 13 mar 2020, 07h00
Daqui não saio, de Marco Balzano (tradução de Ivone Benedetti; Bertrand; 210 páginas; 39,90 reais)
Daqui Não Saio, de Marco Balzano (tradução de Ivone Benedetti; Bertrand;
210 páginas; 39,90 reais) //Divulgação

Curon, uma aldeia no norte da Itália, é pressionada pelo fascismo nos anos 30 a abandonar as tradições do país vizinho, a Áustria. A professora Trina enfrenta a ameaça ensinando alemão clandestinamente. A truculência de Mussolini faz com que os moradores vejam o nazismo como uma saída. Hitler aceita recebê-­los na Alemanha, e a filha de Trina é levada, sem seu consentimento, por familiares. A protagonista luta para sobreviver não só à ausência da criança, mas à II Guerra e ao plano do governo de afundar o vilarejo para criar uma represa. Envolvente, o livro segura o ritmo intenso até a última página.

 

Publicidade