Clique e assine a partir de 8,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

J.D. Salinger retorna a dilemas familiares com ‘Franny & Zooey’

Livro, originalmente lançado em 1961, adiciona drama e humor a detalhes do cotidiano da relação entre irmãos

Por Amanda Capuano - Atualizado em 29 Maio 2020, 12h11 - Publicado em 29 Maio 2020, 07h00
LIVRO – Franny & Zooey, de J.D. Salinger (tradução de Caetano W. Galindo; Todavia; 176 páginas; 54,90 reais e 44 reais na versão digital) //Divulgação

A relação do jovem com a família — ora cômica, ora dramática — é uma constante da obra de Salinger, como prova seu livro mais famoso, O Apanhador no Campo de Centeio (1951). Em Franny & Zooey, lançado originalmente em 1961, o autor discorre sobre os dilemas e divagações dos irmãos prodígios do título. Enquanto Franny abre mão da faculdade e se convence de que a religião é a salvação de suas angústias, Zooey discute com a mãe o colapso iminente da irmã, em uma narrativa que transita dos detalhes cotidianos a sutis questões existenciais.

Publicidade