Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Ghosteen’: disco de beleza notável sobre a morte do filho de 15 anos

Disco é o primeiro lançamento totalmente impactado pelo luto de Nick Cave, das letras às melodias

(Ghosteen Ltd.; disponível nas plataformas de streaming) A morte do filho Arthur, em 2015, foi um golpe doloroso demais para o cantor e compositor australiano Nick Cave. Acostumado a criar letras carregadas de desesperança, ele inicialmente refletiu sobre a perda no tocante Skeleton Tree, álbum de 2016 que estava em produção quando o adolescente de 15 anos sofreu uma queda fatal de um penhasco na Inglaterra, durante uma viagem de LSD. Mas Ghosteen é o primeiro lançamento totalmente impactado pelo luto, das letras às melodias. Embora triste, por vezes sufocante, é um disco de notável beleza. O álbum duplo se divide em duas partes — “filhos” e “pais”. Em meio a climas de teclados, violinos e coro, Cave derrama com sua voz gutural versos sobre a perda e a vida após a morte que estão entre os melhores de sua carreira.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s