Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘Fauda’: série da Netflix é caso raro de sucesso entre Israel e Palestina

Série foi criada pelo protagonista, o ator Lior Raz, que além da veia artística foi de uma unidade antiterrorismo no Exército de Israel

Por Isabela Boscov Atualizado em 17 abr 2020, 09h46 - Publicado em 17 abr 2020, 07h00

(Israel, 2019-2020. Disponível na Netflix) Para Doron (Lior Raz), tudo é pessoal — e, nisso e na filosofia de que os fins justificam os meios, ele se parece muito com seus inimigos. Essa capacidade de abarcar os lados opostos de uma questão e de esquadrinhar os jogos de poder em cada um deles é o que faz de Fauda (termo árabe para “caos”) um caso raríssimo: um sucesso entre israelenses e palestinos. Líder de um grupo das Forças Especiais de Israel que atua infiltrado em territórios árabes, Doron começou sua saga caçando uma nova e virulenta célula terrorista. Entrou, assim, em uma espiral que se torna mais sufocante a cada episódio — e que agora, nesta terceira leva, é retomada a partir de uma ação catastrófica. Além de ótimo ator, Raz é o criador da série e tem conhecimento de causa: foi de uma unidade antiterrorismo no Exército de Israel.

Publicidade