Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Esposas de militares brilham no gracioso ‘Unidas pela Esperança’ 

Longa em cartaz pelo país acompanha Lisa (Sharon Horgan) e Kate (Kristin Scott Thomas), que formam um grupo de coral para manter a mente longe da guerra

Por Isabela Boscov Atualizado em 15 jan 2021, 09h04 - Publicado em 15 jan 2021, 07h00

Em uma base militar inglesa, as mulheres dos combatentes enfrentam a pior parte de sua rotina: a partida dos maridos — no caso, para o Afeganistão, onde as forças aliadas estão mergulhadas na fase mais intensa do envolvimento. Contra a vontade de Lisa (Sharon Horgan), mulher do sargento, e por insistência de Kate (Kristin Scott Thomas), casada com o coronel e, portanto, residente de “patente” mais alta, o grupo forma um coral para ajudar a manter a mente longe do campo de batalha. Segue-se o de praxe nesses roteiros — desentendimentos e, depois, concórdia e triunfo. O que não significa que a graça seja menor, um mérito da direção de Peter Cattaneo, do sucesso Ou Tudo ou Nada, e mais ainda de Kristin e Sharon, perfeitas no papel de opostos complementares. Unidas Pela Esperança já está em cartaz pelo país.

Publicidade