Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Escrachado, filme ‘Bons Meninos’ fala do despertar da adolescência

Longa trata de três garotos em uma 'festa do beijo', cenário perfeito para uma sucessão de problemas e mal-entendidos

Por Isabela Boscov - Atualizado em 5 Jun 2020, 13h33 - Publicado em 5 Jun 2020, 07h00

Aos 12 anos, Thor (Brady Noon) e Lucas (o genial Keith L. Williams) ainda estão com a cabeça nas brincadeiras, mas Max (Jacob Tremblay) já avançou um passo em direção à adolescência: só pensa em meninas. Assim, convence os amigos a ajudá-lo a comparecer a uma “festa do beijo”, o que acarretará uma sucessão de problemas e mal-entendidos. Produzido por Seth Rogen, o filme do diretor Gene Stupnitsky (roteirista de The Office) pode ser visto como uma espécie de prólogo a Superbad — É Hoje: é tão doce quanto o sucesso de 2007, e só um pouco menos escrachado. Disponível para aluguel no NOW e outras plataformas.

 

 

Publicidade