Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘Escobar — A Traição’: história de amor bandido

Filme do diretor Fernando León de Aranoa adota o ponto de vista da apresentadora de TV Virginia Vallejo, que teve um caso por vários anos com Pablo Escobar

Por Redação - 17 ago 2018, 07h00

(Loving Pablo, Espanha/Bulgária, 2017. Já em cartaz no país) A trajetória do traficante Pablo Escobar é conhecida dos espectadores da série Narcos, mas o filme do diretor espanhol Fernando León de Aranoa (de Segunda-Feira ao Sol e Um Dia Perfeito) adota um ponto de vista distinto: o da apresentadora de TV e arremedo de jornalista Virginia Vallejo, que, em 1983, começou um caso com Escobar que se estenderia por toda a ascensão e, afinal, derrocada dele. Interpretada por Penélope Cruz com doses certas de deslumbramento, cálculo e peruíce, Virginia vai aos poucos dando-se conta de que seu amor bandido é, na verdade, um risco de vida. Aranoa é um diretor dinâmico, que não perde o fio da meada — nem economiza na violência. Mas o destaque é Javier Bardem (marido de Penélope na vida civil), ainda mais assustador no papel do que Wagner Moura.

Publicidade