Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Escalandrum volta ao jazz em disco gravado no lendário estúdio Abbey Road

Em 'Studio 2', sexteto argentino mostra que é feito de personalidades distintas e complementares

(Warner; disponível nas plataformas de streaming) Liderado pelo baterista Daniel “Pipi” Piazzolla — neto de Astor —, o sexteto argentino dedicou dois discos à obra desse que foi o maior nome da música de seu país. Mas o jazz sempre foi a prioridade do Escalandrum, que volta ao gênero em Studio 2 — gravado no lendário estúdio Abbey Road, em Londres. O grupo é feito de personalidades distintas e complementares. O pianista Nicolás Guerschberg vai do flerte com a música clássica (Siete Maravillas) ao jazz tradicional (Acuático). Ainda nessa seara, Pipi assina Lolo, uma linda homenagem a seu filho. O saxofonista Damián Fogel e o baixista Mariano Sivori respondem, respectivamente, pela agitada Nutibara e pela balada Sevilla.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s