Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Country e R&B se combinam em novo e sensível álbum de Chris Stapleton

Contra todos os estereótipos de machão que sua aparência evoca, o respeitado compositor canta sobre temas emocionantes em 'Starting Over', seu quarto disco

Por Felipe Branco Cruz Atualizado em 26 nov 2020, 19h19 - Publicado em 27 nov 2020, 07h00
DISCO – Starting Over, de Chris Stapleton (disponível nas plataformas de streaming) – //Divulgação

Antes de lançar seu primeiro álbum, Traveller, em 2015, Chris Stapleton já era um respeitado compositor de artistas como Adele e Sheryl Crow. Agora, em Starting Over, seu quarto trabalho de estúdio, ele imprime nas catorze faixas de country music uma pitada de R&B, que são potencializadas por sua voz grave e elegante. O visual com barba proeminente e chapéu de caubói dá a ele um ar caipira e de machão, mas as letras passam longe do estereótipo provinciano. Na dramática Watch You Burn, ele presta homenagem às vítimas do atentado de 2017 em Las Vegas. Em Maggie’s Song, emociona ao cantar com uma narrativa bem delineada a história de como resgatou sua cachorrinha. De fato, um homem sensível.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade