Clique e assine com até 92% de desconto
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Charlie Kaufman volta às profundezas da mente humana em filme da Netflix

Em 'Estou Pensando em Acabar com Tudo', diretor retrata uma bizarra sequência de eventos gerada por um jovem que leva a namorada para conhecer os pais

Por Raquel Carneiro Atualizado em 4 set 2020, 11h15 - Publicado em 4 set 2020, 07h00

Jake (Jesse Plemons) vai levar a namorada (Jessie Buckley) para conhecer a família. Silêncios constrangedores e conversas profundas se intercalam na viagem. O desconforto é substituído por uma montanha-russa de emoções na residência de decoração datada, onde os pais de Jake (os ótimos David Thewlis e Toni Collette) se apresentam. A bizarra sequência na casa revela ao espectador que nada é o que parece ser. Autor de filmes complexos, como Quero Ser John Malko­vich (1999), que causam amor e repulsa, Charlie Kaufman se aprofunda nos perigos e curvas da mente humana, indo do tédio ao humor, do terror psicológico a um inesperado musical. Disponível na Netflix.

Publicidade