Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Abi Daré expande refinada tradição de livros que reverberam no mundo real

Em 'A garota que não se calou', autora nigeriana conta história de uma menina de 14 anos que, forçada a se casar, tem o sonho de voltar à escola

Por Tamara Nassif Atualizado em 23 jul 2021, 18h06 - Publicado em 23 jul 2021, 07h00
A GAROTA QUE NÃO SE CALOU, de Abi Daré (tradução de Nina Rizzi; Verus; 352 páginas; 59,90 reais e 37,70 em e-book) -
A GAROTA QUE NÃO SE CALOU, de Abi Daré (tradução de Nina Rizzi; Verus; 352 páginas; 59,90 reais e 37,70 em e-book) – ./.

“Por que as mulheres na Nigéria parecem estar sofrendo por tudo mais que os homens?”, se pergunta Adunni, de 14 anos. Apesar de criança, ela está prestes a se casar ilegalmente para dar dinheiro ao pai e acaba como escrava doméstica em Lagos. Um de seus sonhos é estudar. Outro está estampado no título: Adunni quer ter uma voz forte. O romance da autora nigeriana expande uma refinada tradição de histórias que esperam criar mudanças no mundo real.

 

 

 

VEJA RECOMENDA | Conheça a lista dos livros mais vendidos da revista e nossas indicações especiais para você.

Continua após a publicidade
Publicidade