Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘A Very English Scandal’: tragicomédia dá tom à babado político gay

Minissérie da BBC mostra escândalo real envolvendo parlamentar inglês

(Disponível no Globoplay) Em 1961, antes de tornar-se líder do extinto Partido Liberal inglês, cargo que ocupou por nove anos, Jeremy Thorpe (Hugh Grant) conheceu Norman Josiffe (Ben Whishaw). O polido parlamentar encantou-se rapidamente com o jovem descamisado que trabalhava em um estábulo. Norman deixou a fazenda e partiu para Londres, onde foi acolhido por Thorpe, com quem manteve um relacionamento secreto por cerca de um ano. Até 1967, a homossexualidade era proibida na Inglaterra — e sua descriminalização não eliminou a hipocrisia no mundo do poder. Ao sofrer um atentado, Norman acusou o ex-amante ilustre de tentar calá-lo. Esse escândalo real que chegou ao tribunal e nutriu os tabloides no fim dos anos 1970 ganha tom tragicômico na ótima minissérie produzida pela BBC e indicada a três Globos de Ouro — Whishaw, merecidamente, venceu como ator coadjuvante.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s