Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘A Very English Scandal’: tragicomédia dá tom à babado político gay

Minissérie da BBC mostra escândalo real envolvendo parlamentar inglês

Por Redação - 12 abr 2019, 07h00

(Disponível no Globoplay) Em 1961, antes de tornar-se líder do extinto Partido Liberal inglês, cargo que ocupou por nove anos, Jeremy Thorpe (Hugh Grant) conheceu Norman Josiffe (Ben Whishaw). O polido parlamentar encantou-se rapidamente com o jovem descamisado que trabalhava em um estábulo. Norman deixou a fazenda e partiu para Londres, onde foi acolhido por Thorpe, com quem manteve um relacionamento secreto por cerca de um ano. Até 1967, a homossexualidade era proibida na Inglaterra — e sua descriminalização não eliminou a hipocrisia no mundo do poder. Ao sofrer um atentado, Norman acusou o ex-amante ilustre de tentar calá-lo. Esse escândalo real que chegou ao tribunal e nutriu os tabloides no fim dos anos 1970 ganha tom tragicômico na ótima minissérie produzida pela BBC e indicada a três Globos de Ouro — Whishaw, merecidamente, venceu como ator coadjuvante.

Publicidade