Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

A Cor do Som comemora seus 40 anos com disco

Álbum tem faixas inéditas e velhos sucessos rearranjados com participações de Gilberto Gil e Lulu Santos

Por Da Redação 16 mar 2018, 06h00

(Boogie Woogie Music; disponível em plataformas de streaming) A Cor do Som começou como a banda instrumental que acompanhava os Novos Baianos, até que o baixista Dadi quis lhe dar existência autônoma. A principal formação do grupo durou de 1977 a 1981 e incluía, além de Dadi, o guitarrista Armandinho, o tecladista Mú, o baterista Gustavo Schroeter e o percussionista Ary Dias. É esse time de feras que retorna em um disco em comemoração dos quarenta anos de existência, com duas faixas inéditas e velhos sucessos rearranjados para que as novas gerações conheçam o poder de fogo do quinteto. Abri a Porta traz participação de Gilberto Gil e Swing Menina é reforçada pelos vocais de Lulu Santos.

Publicidade