Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘3.15.20’: Álbum de Childish Gambino é um coquetel inspirado e dançante

Depois do sucesso de 'This is america', Donald Glover está de volta com um disco que foi pensado para ouvir de uma vez só, como se fosse uma única canção

Por Felipe Branco Cruz Atualizado em 3 abr 2020, 11h25 - Publicado em 3 abr 2020, 07h00
DISCO – 3.15.20, de Childish Gambino (Wolf+Rothstein/Liberator Music; disponível nas plataformas digitais) //Divulgação

Childish Gambino, pseudônimo do cantor e ator Donald Glover, leva neste novo álbum suas experimentações às últimas consequências. A começar pelo título insólito, que faz referência à data em que o trabalho foi divulgado. A obra passeia pelo hip-hop, funk e R&B e foi pensada para ser ouvida de uma tacada só, como se fosse uma única canção. As faixas receberam como título o minuto em que aparecem no disco, com a exceção de Algorhythm e Time, que tem participação de Ariana Grande. Um coquetel inspirado e dançante.

Publicidade