Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Cauã Reymond em prol de arrecadar 100 000 reais para a Casa 1

100% do valor das fotos e roupas será revertido para a entidade que abriga LGBTs expulsos de casa

Por João Batista Jr. - 26 Jun 2020, 19h28

Solidariedade e ativismo no mês do orgulho LGBTQIA+. Juliano Corbetta, ativista e publicitário que chacoalha o mercado de moda com a Madre in Brasil e Samba, criou o projeto Prints For Pride com imagens deslumbrantes do acervo de suas publicações para vender impressões em papel e em peças de roupa como blusas e camisetas. “100% do valor arrecadado será doado para a Casa 1”, diz ele. A entidade abriga população expulsa de casa — além de dar comida, estudo e capacitação profissional para população gay e trans. “Se conseguirmos bater minha meta de 100 000 reais em vendas, o valor adicional será repassado a mais organizações LGBTQIA+ no Brasil.”

Cauã para a Made in Brasil: foto do ator faz parte do projeto Prints for Pride, em prol da Casa 1 Doug Inglish/VEJA

Há fotos estonteantes de Cauã Reymond, Jhona Burjack, Pietro Baltazar e Mateus Carrilho. As vendas vão até o começo de julho e são enviadas para todo no Brasil.

Publicidade