Clique e assine com 88% de desconto
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Marcela Temer não sai de casa durante a prisão de marido

Todas as pendências tratadas por WhatsApp

Por João Batista Jr. - Atualizado em 12 jul 2019, 16h03 - Publicado em 17 maio 2019, 07h00

Com o marido, Michel Temer, em segunda e curta temporada na detenção, na semana passada, Marcela Temer organizou tudo pelo celular. Ela não esteve na carceragem nem em escritórios de advogado, tampouco foi à escola do filho, Michelzinho. Recebia informações sobre os trâmites legais pelo celular. Na primeira prisão preventiva do marido, Marcela ficou em choque quando a Polícia Federal esteve em sua residência, mas desta vez a ex-primeira-dama foi o retrato da serenidade. Sua maior preocupação é com o filho, de 10 anos, que faltou às aulas enquanto o pai esteve preso, para evitar constrangimentos.

Publicado em VEJA de 22 de maio de 2019, edição nº 2635

Envie sua mensagem para a seção de cartas de VEJA
Qual a sua opinião sobre o tema desta reportagem? Se deseja ter seu comentário publicado na edição semanal de VEJA, escreva para veja@abril.com.br
Publicidade