Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Skatista Leticia Bufoni é a mulher com mais medalhas no X Games

Ela foi pioneira em levar a moda feminina para as pistas

Por Eduardo F. Filho - Atualizado em 7 set 2020, 16h47 - Publicado em 4 set 2020, 06h00

O skate entrou na vida de Leticia Bufoni de forma inusitada. Aos 10 anos, a garota jogava futebol com os meninos e se sentiu só quando o time dela trocou a bola pelo esporte de rodinhas. “Aprendi rápido”, lembra. O pai foi contra, e chegou a quebrar seu skate. “No dia seguinte, já estava com outro”, conta. Aos 27, ela é a mulher com mais medalhas no X Games, maior vitrine do skate no mundo, e foi pioneira em levar a moda feminina para as pistas. “As meninas vestiam calças e camisetas largas. Fui competir maquiada e arrumada”, diz. Leticia afirma também ter um lado masculino forte: “Tenho tatuagens e amo jogar futebol. Mas sou menina”.

Publicado em VEJA de 9 de setembro de 2020, edição nº 2703

Publicidade