Clique e assine com até 92% de desconto
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Silvio Santos afasta Lívia Andrade por espalhar fake news da Universal

Ela criticou no programa suposto álcool em gel ungido e vendido na igreja de Edir Macedo

Por João Batista Jr. Atualizado em 27 mar 2020, 22h16 - Publicado em 27 mar 2020, 16h46

Apresentadora do Fofocalizando, Lívia Andrade foi afastada da atração por tempo indeterminado. Chris Flores assume o seu lugar. A saída de Lívia, que por anos e anos desfrutou do carinho de Silvio Santos, tem uma razão bem clara. Tomando como verdade uma notícia falsa recebida por WhatsApp, que “informava” que a igreja de Edir Macedo estaria vendendo um álcool gel ungido, ela criticou a Universal durante seu programa.

A questão, então, virou uma guerra institucional. Renato Cardoso, bispo e genro de Edir Macedo, exigiu desculpas de Lívia. Silvio Santos foi além do pedido feito: decidiu afastá-la do programa. “Não vou inventar uma doença, um sintoma para me isolar, uma licença maternidade. É o que é, estou afastada temporariamente do programa e no momento não vou dar detalhes”, escreveu ela em uma rede social.

Dentro do SBT, a avaliação é que Silvio Santos quer dar um exemplo. Deseja rigor sobre o conteúdo levado ao ar e não admite que se metam em críticas às igrejas evangélicas, não importa a denominação. Ele detesta ver o canal envolvido em polêmicas e polarizações.

Procurada por VEJA, Lívia não retornou ao pedido de entrevista.

Continua após a publicidade
Publicidade