Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Portugal ficou mais distante: pandemia muda regras para entrar no país

O número de brasileiros morando na nação europeia passou de 105.423 em 2018 para 150.854 em 2019

Por João Batista Jr. - Atualizado em 16 Jun 2020, 12h54 - Publicado em 16 Jun 2020, 12h26

Um dos países preferidos de brasileiros, seja para turismo ou para uma mudança definitiva, Portugal promulgou novas regras para quem pode pisar ali em função do avanço da pandemia no Brasil. De agora em diante, serão aceitos brasileiros que atendam as seguintes condições: possuir contrato de residência em Portugal, ter cidadania europeia ou portuguesa e ter visto de residência ou de longa duração.

ASSINE VEJA

Os desafios dos estados que começam a flexibilizar a quarentena O início da reabertura em grandes cidades brasileiras, os embates dentro do Centrão e a corrida pela vacina contra o coronavírus. Leia nesta edição.
Clique e Assine

A companhia aérea TAP mandou um e-mail a todos que compraram passagens aéreas recentemente. Diz o texto: “Informamos que apenas é permitida a entrada em Portugal a determinadas categorias de passageiros, entre as quais, cidadãos nacionais de um Estado Membro da União Europeia; nacionais de países terceiros titulares de autorização de residência ou de visto de longa duração emitidos por autoridades portuguesas; e nacionais de países terceiros titulares de uma autorização de residência ou de um visto de longa duração emitido por um Estado Membro da União Europeia, para efeitos de trânsito para o país da sua residência”.

A TAP segue com voos saindo de São Paulo e Rio de Janeiro para Lisboa. O número de brasileiros morando em Portugal passou de 105.423 em 2018 para 150.854 em 2019. Os brasileiros representam 1 em cada 4 estrangeiros morando em Portugal, de acordo com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras do país europeu.

Publicidade