Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Por que Juliana Paes é espécie rara da Globo

Ela é protagonista de 'A Força do Querer', sondada para ser reprisada após o fim de 'Fina Estampa'

Por João Batista Jr. Atualizado em 10 jul 2020, 11h45 - Publicado em 10 jul 2020, 06h00
Juliana Paes. Reprodução/Instagram

A beleza estonteante já faria de Juliana Paes um ser raro sob qualquer ângulo, mas os predicados da moça vão além disso. A atriz permanece no cada vez mais restrito grupo de atores com contratos de longo prazo com a Globo por seu talento, carisma e disposição. Juliana deve voltar ao horário nobre como protagonista de A Força do Querer, de Glória Perez, sondada para ser reprisada ao fim de Fina Estampa. Rever a trama será uma forma de contabilizar o estrago produzido pela política de corte da emissora. Cerca de 70% dos atores da novela que foi ao ar em 2017 não integram o casting fixo da casa, entre eles nomes como Maria Fernanda Cândido, Marco Pigossi, Dan Stulbach e Zezé Polessa — mas, ufa!, temos ainda Juliana.

ASSINE VEJA

Vacina contra a Covid-19: falta pouco Leia nesta edição: os voluntários brasileiros na linha de frente da corrida pelo imunizante e o discurso negacionista de Bolsonaro após a contaminação
Clique e Assine

Publicado em VEJA de 15 de julho de 2020, edição nº 2695

  • Publicidade