Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Paulo Vilhena revela ter quase sido pai de filho de amigas

"Não existe mais esse modelo obrigatório de que você tem que casar e ter um filho com aquela mulher", disse o ator

Por Da redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h00 - Publicado em 12 mar 2017, 10h52

Ator Paulo Vilhena participa da festa de lançamento da grade de programação da TV Globo “Vem Aí”, no Credicard Hall em SP

Em cartaz com a peça Tô Grávida, o ator Paulo Vilhena afirmou que a paternidade é um desejo e que chegou a pensar em assumir o filho de duas amigas, anos atrás, quando chegou ao Rio de Janeiro. Em entrevista ao jornalista Bruno Meier, à TVeja, ele discorreu sobre o assunto:

“Eram duas grandes amigas, que hoje já não estão mais juntas, e tinha essa conversa que, pelo fato das duas serem mulheres, elas dependeriam de um homem para ter um filho ou filha. Quando elas comentaram o assunto, eu falei: pô, se vocês me derem a oportunidade e honra de fazer parte dessa história, eu adoraria. Porque eu acho que não existe mais esse modelo obrigatório de que você tem que casar e ter um filho com aquela mulher. Acho que esse é protótipo da família e isso está encravado na família há muito tempo, mas a possibilidade de ter dentro uma relação, como era a delas, comigo, de amizade, de cumplicidade, de dia-a-dia, acho que poderia ser. Imagina… a criança ia ser muito bem cuidada por duas mães e um pai. Cada uma delas tem um trabalho super interessante. Seria uma vida interessante para essa criança sendo criada por essas pessoas”.

 

Continua após a publicidade
Publicidade