Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Três anos após agressão em Nova York, Luiza Brunet palestrará na cidade

"Os agressores precisam ter medo"

Exatos três anos depois de ser agredida pelo companheiro Lírio Parisotto em Nova York, Luiza Brunet retorna à cidade imbuída de sua nova missão de ativista do combate à violência doméstica. Ela foi convidada a palestrar no consulado do Brasil, na Rua 41, em Manhattan, para a comunidade radicada nos Estados Unidos. “Depois do meu caso, muitas mulheres se sentiram encorajadas a falar do assunto e denunciar o marido. Tenho muito orgulho da minha história”, diz. Luiza fará uma turnê mundial com palestras, em países como Japão, Itália, Inglaterra e Quênia. “É um movimento irreversível, os homens precisam ter medo antes de levantar a mão.”

Publicado em VEJA de 22 de maio de 2019, edição nº 2635

Envie sua mensagem para a seção de cartas de VEJA
Qual a sua opinião sobre o tema desta reportagem? Se deseja ter seu comentário publicado na edição semanal de VEJA, escreva para veja@abril.com.br
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s