Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Para alívio de muitos, Dario Messer não negocia delação premiada

Doleiro ficou de bico calado em depoimento ao Ministério Público Federal do Rio de Janeiro

Por João Batista Jr. - Atualizado em 9 out 2019, 14h52 - Publicado em 9 out 2019, 14h14

Para alívio de políticos, empreiteiros e empresários enrolados, o “doleiro dos doleiros” Dario Messer adotou o silêncio como estratégia de defesa. Pelo menos por enquanto. Ele esteve ontem no Ministério Público Federal do Rio de Janeiro para prestar depoimento, onde está sendo investigado por ajudar a ocultar dinheiro desviado em casos ligados à Operação Lava Jato. Messer ficou o tempo todo calado, sem responder uma pergunta sequer. Procurado por VEJA, seu advogado Átila Pimenta Coelho Machado foi categórico: “meu cliente não está em procedimento de delação premiada”.

Antes de ir para a carceragem em Bangu 8, Messer deixou um calote em São Paulo, onde se escondia da Justiça.

Publicidade