Clique e assine com 88% de desconto
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

‘Não saí ilesa do câncer’, diz a estilista Martha Medeiros

A rainha dos vestidos de renda extraiu há seis meses um tumor benigno, mas grande, da região do pescoço

Por João Batista Jr. - Atualizado em 16 dez 2019, 11h34 - Publicado em 13 dez 2019, 06h00
Studio Junior Lima/.

Rainha dos vestidos de renda e uma das maiores estilistas do país, com clientes como Beyoncé, Eva Longoria e Ivete Sangalo, Martha Medeiros extraiu há seis meses um tumor benigno, mas grande, da região do pescoço. O problema de saúde a fez dar uma guinada na vida.

Por que decidiu mudar-se de São Paulo, onde fica a sede de sua empresa, para São Miguel dos Milagres, em Alagoas? Podemos ter diversas vidas em uma mesma passagem pela Terra. Acostumada a criar vestidos de renda que esculpem o corpo da mulher, eu nunca tinha usado uma criação minha, até que em 2013 fiz uma cirurgia bariátrica. Foi uma vitória. Há seis meses retirei um tumor na região do pescoço. Depois disso, mudei.

E o que decidiu fazer? Deixei a empresa na mão do meu filho e vim para a beira-mar. Eu pinto, canto e faço roupas para a casa. Acabei de construir quarenta suítes para receber alunos: vou dar aulas de artesanato e mobiliário.

Como se sente? Continuo me achando linda, fiz um corredor de espelhos em casa para admirar a minha beleza. Mas não saí ilesa do câncer: fiquei mais livre. Rodei o sertão para descobrir artesãos por três semanas a fio. Tem gente que acha Milão o máximo, mas precisa visitar o interior do Piauí para ver nosso mobiliário deslumbrante.

Publicidade

Publicado em VEJA de 18 de dezembro de 2019, edição nº 2665

Publicidade