Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Morada de luxo

O ex-ministro das Cidades de Temer e atual secretário de Transportes Metropolitanos de Doria acaba de se instalar em um apartamento de luxo em São Paulo

Por João Batista Jr. Atualizado em 15 jul 2019, 12h35 - Publicado em 28 jun 2019, 07h00

O goiano Alexandre Baldy, ex-ministro das Cidades de Michel Temer e atual secretário de Transportes Metropolitanos de João Doria, acaba de se instalar em um apartamento de luxo em São Paulo. Ele terá como vizinhos José Batista Sobrinho, da JBS, e Teodoro Nguema Obiang Mangue, filho do ditador da Guiné Equatorial. O salário como secretário é de 20 743,72 reais, na ponta do lápis, mas dinheiro não é exatamente um problema. Baldy é casado com Luana Gonçalves, da família fundadora da Neo Química. O secretário tem a missão de ampliar a Linha 17 do metrô, a cargo da chinesa BYD — empresa da qual Eduardo Paes é presidente. O sogro de Baldy, Marcelo Henrique, foi o maior doador individual de Pedro Paulo, candidato de Paes à prefeitura do Rio em 2016: 200 000 reais.

Baldy nega as informações. Paes diz que a licitação ainda não tem vencedor e que só esteve com Baldy em duas oportunidades.

Publicado em VEJA de 3 de julho de 2019, edição nº 2641

Envie sua mensagem para a seção de cartas de VEJA
Qual a sua opinião sobre o tema deste artigo? Se deseja ter seu comentário publicado na edição semanal de VEJA, escreva para veja@abril.com.br
Publicidade