Clique e assine a partir de 8,90/mês
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Kondzilla, o Konrad Dantas, recebe prêmio apoiado pela ONU

100 afrodescendentes mais influentes do mundo

Por João Batista Jr. - Atualizado em 2 out 2019, 19h42 - Publicado em 2 out 2019, 18h26

Uma das principais forças do YouTube no mundo e principal midas da profissionalização do funk do Brasil, Konrad Dantas, o Kondzilla, é um dos integrantes da lista global de 100 Afrodescentes Mais Influentes (MIPAD) de 2019, apoiada pela ONU. Ele recebe a homenagem nesta quarta (2), em  Nova York. O cantor John Legend e tenista Naomi Osaka também integram o time de 100 homenageados, todos com menos de 40 anos e integrantes de categorias como “política e governação”, “negócios e empreendedorismo”, “mídia e cultura” e “ações humanitárias e religioso”.

Kond é criador e proprietário do terceiro maior canal do YouTube do mundo, que soma 25 bilhões de visualizações e 52,3 milhões de inscritos. Ele emprega, ao todo, 360 pessoas. Sua produtora fica em São Paulo, e clipes de seus pupilos são gravados todos os dias. É o funk em esquema industrial. Nada mal para quem morava na periferia do Guarujá, litoral paulista, não tinha experiência de filmagem e fazia as gravações com uma câmera comprada com o seguro de vida da mãe, morta em 2008.

Publicidade