Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Kim Kardashian: o nome que tudo vende

De contrato em contrato, ela acaba de entrar para a lista dos bilionários da revista Forbe

Por Cleo Guimarães Atualizado em 16 abr 2021, 10h55 - Publicado em 16 abr 2021, 06h00
KIM KARDASHIAN -
KIM KARDASHIAN – Reprodução/Instagram

Deusa mais poderosa no Olimpo das influenciadoras digitais, Kim Kardashian, 40 anos muitíssimo bem aproveitados na arte de se promover, é mestra em pôr o nomezinho em negócios variados e acumular fortunas. De contrato em contrato, acaba de entrar para a lista dos bilionários da revista Forbes graças, sobretudo, a um feito extraordinário: o excelente desempenho da Skims, sua marca de, acreditem, cintas modeladoras — justamente a peça que ficou totalmente fora de moda nesta longa temporada sem sair de casa. Verdade que a Skims, sabiamente, diversificou, enveredando por uma linha de pijamas e vestuário confortável. Mas o impulso que colocou Kim na cobiçada lista foi o fato de, nos dois anos desde que foi fundada, haver faturado 500 milhões de dólares, o que animou um grupo de investidores a aumentar seu capital. “Fornecemos toda a linha básica, mas modeladores continuam sendo nosso carro-chefe”, garante a empresária de estimados 1 bilhão de dólares.

Publicado em VEJA de 21 de abril de 2021, edição nº 2734

Publicidade