Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

João Doria: quanto custam as calças que viraram meme

“Não são apertadas demais. São slim fit”, define o estilista Ricardo Almeida

Por Cleo Guimarães Atualizado em 4 jun 2021, 09h54 - Publicado em 4 jun 2021, 06h00
Ricardo Almeida -
Ricardo Almeida – Reprodução/Instagram

Já faz algum tempo que, no intuito de suavizar o ar de coxinha, o governador de São Paulo, João Doria, 63 anos, aposentou o suéter de cashmere pousado sobre os ombros e racionou o uso de ternos de grife. Imexíveis em seu guarda-roupa, mesmo, só restaram as calças apertadinhas, marca registrada que virou meme. De manequim 40 e boca da perna de 17 centímetros, elas custam entre 600 e 1 000 reais e são feitas sob medida, há mais de uma década, pelo estilista Ricardo Almeida — que não compactua com as piadinhas nas redes. “Não são apertadas demais. São slim fit”, define. “Na Itália os homens usam calça mais colada ainda e todo mundo acha elegante.” Próximo da família, Almeida veste também o filho do governador, Johnny, que inclusive posou para um catálogo da marca.

Publicado em VEJA de 9 de junho de 2021, edição nº 2741

Publicidade