Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Jatinho e presença de Titi: bastidores da adoção de Bless Ewbank Gagliasso

O nome — que significa 'bênção', em inglês — já havia sido escolhido pelo orfanato da criança, no Malaui

Por João Batista Jr. - Atualizado em 2 ago 2019, 14h57 - Publicado em 2 ago 2019, 07h00
Família Ewbank Gagliasso: maior com a adoção de Bless, de 4 anos ./.

Após dois anos de minuciosa tramitação, Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank embarcaram com a filha, Titi, de 6 anos, para buscar o novo filho adotivo no Malaui, pequeno país no sudoeste da África: Bless tem 4 anos de idade. A família, agora maior, veio de voo comercial até São Paulo e depois fretou um jatinho particular para o Rio. O nome Bless (bênção, em inglês) já havia sido escolhido pelo orfanato da criança. Bless e Titi não têm laços sanguíneos. Na semana passada, os pais ficaram em casa para apresentar familiares ao filho e começar a adaptação — o menino ainda não fala uma palavra sequer em português e será matriculado em colégio bilíngue neste semestre.

Publicado em VEJA de 7 de agosto de 2019, edição nº 2646

Publicidade