Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Emissoras adotam medida para evitar contaminação de repórteres

Tem sido feito o uso de dois microfones quando o repórter vai falar com alguém in loco

Por João Batista Jr. - 20 mar 2020, 16h52

Os programas jornalísticos de televisão adotaram uma nova estratégia para preservar equipes e entrevistados durante a pandemia de coronavírus. Tem sido feito o uso de dois microfones quando o repórter vai falar com alguém in loco, assim ninguém toca no dispositivo do outro e diminui contato por germes. A estratégia, e também a distância de 1 metro entre repórter e entrevistado, foi adotada por Rede Globo e Record.

Muitas emissoras têm orientado a sua equipe a não entrar em hospitais onde há pacientes com coronavírus, fazendo as reportagens com distância significativa da porta dos estabelecimentos. Médicos infectologistas e diretores de hospitais têm dado entrevista por telefone, com frases legendadas mostradas na televisão.

Publicidade