Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Débora Nascimento: “Tenho cicatrizes, marcas, estrias, e está tudo certo”

Processo de aceitação fez atriz querer que as pessoas vejam além da beleza

Por Eduardo F. Filho Atualizado em 18 dez 2020, 09h22 - Publicado em 18 dez 2020, 06h00

Ao pesquisar o nome de Débora Nascimento no Google, surgem diferentes fotos dela de biquíni e notícias sobre os contornos da atriz. “Eu me incomodava com isso. Mas hoje entendo que tenho, sim, um corpão”, diz a morena de 35 anos. Após esse processo de aceitação, digamos assim, Débora agora quer que as pessoas vejam além da beleza: “Tenho cicatrizes, marcas, estrias, e está tudo certo. Meu corpo é meu lar”. Após o fim de seu relacionamento com o ator José Loreto, em 2019, Débora encontrou na quarentena o tempo de que precisava para entender suas próprias dores e medos. “Estou mais feliz, amorosa e leve. Não sei se sou uma mulher mais bem resolvida, mas procuro sempre estar presente e ser completa.” A atriz, que não renovou seu contrato com a Globo durante a pandemia, tem projetos em 2021 para televisão, cinema e streaming. Será que estará na Netflix? “Vamos ver”, atiça.

Publicado em VEJA de 23 de dezembro de 2020, edição nº 2718

Publicidade