Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bela Gil: proibida para baixinhos

Após cena de consumo de chá de 'ayahuasca' no programa 'Bela Raízes', Ministério da Justiça muda classificação etária da atração

Sempre entusiasta das coisas da natureza, a nutricionista e cozinheira Bela Gil exibiu em julho, em seu programa Bela Raízes, a participação dela em um ritual indígena que incluiu o consumo de chá de ayahuasca — uma das “melhores experiências” de sua vida. O Ministério da Justiça não perdoou: mudou a classificação etária de “livre” para “não recomendado para menores de 12 anos”. Tomar o chá alucinógeno é permitido em rituais espirituais, mas o ministério, em sua justificativa, alega que Bela não estava ali na condição de indígena e ainda por cima cometeu “uma valorização de conteúdo negativo”. Gerente-geral do canal Futura, onde o programa é exibido, João Alegria evita polêmica: “É comum que existam diferentes pontos de vista sobre essas questões”.

Com Jana Sampaio

Publicado em VEJA de 14 de agosto de 2019, edição nº 2647

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s