Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
VEJA Gente Por Cleo Guimarães Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

Apresentadora pede boicote às lojas da Zara

'Terão o meu desprezo', anunciou Astrid Fontenelle, do GNT, ao compartilhar notícia sobre episódios de racismo na rede

Por Cleo Guimarães 22 out 2021, 16h04

Com mais de um milhão de seguidores no Instagram, a apresentadora Astrid Fontenelle, do GNT, usou a força das redes sociais para fazer um apelo. Ela compartilhou uma notícia com detalhes sobre a investigação feita pela Polícia Civil do Ceará – que concluiu que a filial do Shopping Iguatemi, em Fortaleza, criou um código secreto para funcionários ficarem atentos e acompanharem pessoas negras ou com “roupas simples” – e pediu que seguissem o seu exemplo, boicotando as lojas da empresa.

Transtornado, Alec Baldwin aparece chorando após depor sobre morte em set

“AGORA EU PERGUNTO: o que cabe a nós favor diante desse fato COMPROVADO pela polícia civil do Ceará??!!!!! BOICOTE!!! Apesar de gostar de muitas coisas q eles fazem, doravante terão meu desprezo! Entendeu, @zara ?????”, escreveu Astrid, que é mãe de um menino negro de 13 anos e já relatou um episódio de racismo sofrido por ele.

O que levou Tiago Leifert a desistir definitivamente de voltar à Globo

Continua após a publicidade

Publicidade