Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A ex-doleira Nelma Kodama está de emprego novo

A personal adviser usa tornozeleira eletrônica

A doleira Nelma Kodama investia no ramo hoteleiro. Ela conta a VEJA por que comemorou o fracasso do leilão de 37 quartos de hotel que já lhe pertenceram.

Nenhuma unidade do lote com seus quartos de hotel foi arrematada. Ficou feliz? No fundo do meu coração, sim. Adquiri tudo com o suor do meu trabalho como doleira. Nunca roubei dinheiro público nem desviei merenda de crianças. Já estive presa, paguei multa e agora cumpro pena em regime aberto, com tornozeleira. Não é justo tirarem meu patrimônio.

Qual era o valor do lance? Cada unidade rende apenas 400 reais por mês, mas o lance inicial era de 152 000 reais. Querido, era um péssimo negócio.

A senhora trabalha? Sim, faço serviços de personal adviser.

Traduza, por favor. Dou consultoria financeira e de eventos. Para uma clínica de estética em São Paulo, fiz um evento pelo qual recebi 20 000 reais. Queriam que eu fizesse o mesmo no Rio, mas a Justiça não me autorizou a pegar avião.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s