Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Warner Exibe o Último Episódio de Smallville

A série encerrou sua exibição nos EUA no dia 13 de maio, agora é a vez do público brasileiro dizer adeus a “Smallville“, com um episódio de duas horas de duração, que será exibido pelo canal Warner esta noite, a partir das 20h. A produção que retratou a juventude de Clark Kent teve seus altos […]

A série encerrou sua exibição nos EUA no dia 13 de maio, agora é a vez do público brasileiro dizer adeus a “Smallville“, com um episódio de duas horas de duração, que será exibido pelo canal Warner esta noite, a partir das 20h.

A produção que retratou a juventude de Clark Kent teve seus altos e baixos. Atacada por uns, defendida por outros, “Smallville” se manteve no ar por uma década inteira, tornando-se a série de maior duração, até o momento, a ser exibida pelo pequeno canal americano CW. Formado da junção dos canais WB e UPN, o CW iniciou suas atividades em 2006, herdando “Smallville” do canal WB, no qual estreou em 2001.

“Smallville” surgiu quase por acaso. A Tollin/Robbins Productions queria produzir uma série que retratasse a juventude de Bruce Wayne, o milionário que assume a identidade do herói Batman, após a morte de seus pais. Mas, nessa mesma época, a Warner estava preparando um filme que narraria (novamente) as origens do herói. Temendo que as duas produções pudessem competir entre si, o estúdio não autorizou o uso do personagem e sua história.

Assim, a produtora decidiu focar suas atenções para outro herói. Deixaram Batman de lado e se concentraram no Superman. O herói já tinha estrelado três produções seriadas para a TV. A primeira foi “As Aventuras do Superman“, estrelada por George Reeves entre 1952-1958; a segunda foi “As Aventuras do Superboy“, produzida entre 1988 e 1992, com John Newton, que foi substituído por Gerard Christopher em 1989;  e a terceira foi “Lois & Clark: as Novas Aventuras do Superman“, entre 1993 e 1997, que lançou as carreiras de Dean Cain e Teri Hatcher.

Para desenvolver o projeto, a Tollin/Robins, em parceria com a Warner, contatou a dupla de roteiristas Alfred Gough e Miles Millar, que decidiu concentrar a história na vida pessoal de Clark Kent, um adolescente que passa pelo processo emocional e psicológico de se tornar um adulto, tendo como carga extra a informação de que nasceu em outro planeta e é dotado de superpoderes.

Oferecido aos canais WB e Fox, o projeto ficou com o primeiro, que encomendou a produção de 13 episódios para sua primeira temporada. Filmada em Vancouver, no Canadá, a série estreou nos EUA no dia 16 de outubro de 2001, registrando a média de 8.40 milhões de telespectadores, tornando-se a maior audiência do canal até aquele momento. Renovada, “Smallville” manteve uma audiência média de 4 a 5 milhões de telespectadores por temporada enquanto foi exibida pelo canal WB. Mas, em 2006, ocorreu a junção entre o WB e a UPN, que fez surgir um novo canal americano, o CW, destinado exclusivamente para o público alvo da faixa etária entre 18 e 34 anos.

Com a mudança, o canal perdeu várias das retransmissoras do WB e da UPN, reduzindo seu alcance no território americano. Nesse meio tempo, a Internet ganhou espaço, afastando o público alvo da televisão. Com isso, “Smallville” perdeu audiência na TV. Ao longo das cinco temporadas produzidas para o CW, a série registrou queda contínua em sua audiência passando de 4 milhões para 2.7 milhões de telespectadores, em sua última temporada.

Estrelada por Tom Welling (Clark), Kristin Kreuk (Lana), Michael Rosenbaum (Lex), Allison Mack (Chloe) e John Schneider (Jonathan), entre outros, “Smallville” contou com a participação especial de vários atores que fizeram parte do universo do homem de aço. Entre eles, Christopher Reeve (Dr. Virgil Swann), Terence Stamp (Jor-El), Annette O’Toole (Martha Kent), Dean Cain (Dr. Curtis Knox), Helen Slater (Lara) e Marc McClure (Dax-Ur), Margot Kidder (Bridgette Crosby) e Teri Hatcher (a mãe de Lois).

Ao longo dos anos, existiram tentativas de se produzir spinoffs da série, entre elas “Aquaman”, que chegou a ter um episódio piloto produzido, e outra que seria estrelada pelo Arqueiro Verde.

Tom Welling nos bastidores de filmagens

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Denilson

    A série mais longa do canal CW não é 7th heaven com 11 temporadas? E a audiência tbm.
    Resposta – Oi Denilson! Na verdade, 7th Heaven foi exibida pela WB nas dez primeiras temporadas (1996-2006). Quando o CW foi criado, ele exibiu apenas a última temporada da série, 2006-2007. Em função disso, a série não é considerada uma produção do CW. Abs.

    Curtir

  2. Comentado por:

    claudio gama

    esperamos dez anos para q clark vestisse a roupa de sper home, e no final tudo q vimos foi a capa dele tremulando!

    Curtir

  3. Comentado por:

    Lucas

    Eu pensei que a série iria explicar o porquê de Lex ser inimigo de Clark e no final ele perde a memória?Pô vacilo total

    Curtir