Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

Suécia aprova a produção de ‘The Most Forbidden’

Postagem atualizada no dia 4 de julho de 2016 para incluir a foto e o elenco da minissérie. Mais um drama nórdico a caminho. O canal SVT da Suécia anunciou a encomenda de Det Mest Förbjudna/The Most Forbidden, minissérie que terá três episódios. Trata-se de uma adaptação livre da obra de Kerstin Thorvall, falecida em 2010. Publicado em 1976, […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 31 jul 2020, 02h26 - Publicado em 19 dez 2014, 13h40

Det mest förbjudna

Postagem atualizada no dia 4 de julho de 2016 para incluir a foto e o elenco da minissérie.

Mais um drama nórdico a caminho. O canal SVT da Suécia anunciou a encomenda de Det Mest Förbjudna/The Most Forbidden, minissérie que terá três episódios. Trata-se de uma adaptação livre da obra de Kerstin Thorvall, falecida em 2010.

Publicado em 1976, o livro tem como base a própria vida de Kerstin, aqui interpretada por Cilla Thorell. Explorando a sexualidade feminina, a história conta a trajetória de Anna, uma filha impertinente, esposa infiel, mãe pobre e avó relutante.

Quando seu pai morre aos 11 anos de idade, Anna é criada por uma mãe, uma mulher opressiva que lhe nega a vida. Anna se torna uma menina obediente, amável e gentil, porém assustada e medrosa. Aos 25 anos de idade, ela entra na fase adolescente, revoltando-se contra a educação que recebeu. Com isso, ela se envolve com diversos homens em uma tentativa de lidar com sua sexualidade reprimida.

Ao chegar na meia-idade, neurótica, depressiva, apaixonada e odiando a mãe, Anna tenta entender as razões pelas quais optou por manter relacionamentos destrutivos.

Continua após a publicidade

O livro causou polêmica na época em que foi publicado, mas em 2013 foi indicado por críticos como uma das obras essenciais da literatura sueca por ter, entre outras razões, aberto caminho para a literatura confessional da década de 1970.

TMFLivroCom roteiro de Åsa Blanck, e direção de Tova Magnusson, a minissérie será coproduzida pelo canal SVT, pela produtora sueca GötaFilm e pela Eyeworks, empresa Holandesa que foi adquirida pela Warner Brothers em junho deste ano. A produção recebe apoio da Swedish Film Institute e financiamento da Nordisk Film & TV Fond, bem como da Film i Väst.

No elenco também estão Magnus Krepper, Anna Bjelkerud (Ängelby), Mira Mitchell e Elmira Arikan (Beck), entre outros.

Em entrevistas, Christer Nilson, diretor da GötaFilm, disse que, para se produzir uma série de longa duração, a Suécia necessita da coprodução internacional, a qual normalmente entra com 40 a 50% do orçamento previsto. Por esta razão, eles se associaram a uma empresa estrangeira.

As filmagens terão início em 2015, sendo que ainda não foi divulgada uma previsão de estreia.

Cliquem na primeira foto para ampliar.

Continua após a publicidade
Publicidade