Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

Reencontro das atrizes de ‘Three’s Company’

Na década de 1970, Suzanne Somers e Joyce Dewitt faziam muito sucesso com a sitcom Threes’s Company (1977-1984), que no Brasil recebeu o título de Um é Pouco, Dois é Bom e Três é Demais. A história acompanhava a vida de três amigos, Janet, Chrissy e Jack, que dividiam um apartamento. Algo na linha de Friends. […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 31 jul 2020, 09h36 - Publicado em 3 fev 2012, 14h56

(E-D) Suzanne Somers, John Ritter e Joyce Dewitt em ‘Three’s Company’

Na década de 1970, Suzanne Somers e Joyce Dewitt faziam muito sucesso com a sitcom Threes’s Company (1977-1984), que no Brasil recebeu o título de Um é Pouco, Dois é Bom e Três é Demais.

A história acompanhava a vida de três amigos, Janet, Chrissy e Jack, que dividiam um apartamento. Algo na linha de Friends. Mas, para que o proprietário do prédio aceitasse a presença de Jack no apartamento das moças, ele fingia ser gay.

Em 1981, Suzanne, que chamava mais a atenção do público, especialmente o masculino, deixou o elenco em meio a uma disputa contratual. A atriz foi substituída por Jenilee Harrison, que interpretou a prima de Chrissy, Cindy.

Mas o público não a recebeu bem, levando os produtores a substituírem a atriz por Priscilla Barnes, que interpretou Terri Alden, uma enfermeira que Jack conhece no Pronto Socorro.

Mais tarde, o personagem de Jack ganhou sua própria série, Three’s Crowd (1984-1985), quando ele decide se mudar para o apartamento de sua namorada Vicky (Mary Cadorette). Mas o fato dos dois não se casarem irrita o pai da jovem, o senhorio do prédio.

A saída abrupta de Suzanne causou ressentimentos em Joyce e no ator John Ritter, que completava o trio do título. Desde então, os dois se recusavam publicamente a falar sobre Suzanne ou mesmo com ela. Segundo a atriz na época, ela teria sido demitida pelos produtores por exigir receber o mesmo salário que era pago aos atores homens.

Continua após a publicidade

(E-D) Joyce e Suzanne em 2012

A decisão de reencontrar-se com Joyce foi tomada depois que Suzanne percebeu que, entre os produtores e os atores do elenco fixo que trabalharam com a série original, só sobraram as duas. Os demais já são falecidos.

Assim, passados cerca de trinta anos, Joyce e Suzanne se reencontraram no Breaking Through, talk show produzido para a Internet, apresentado por Suzanne.

Diante das câmeras, Suzanne pediu desculpas à Joyce pela decisão que tomou em deixar a série, explicando suas necessidades na época. Enquanto Joyce se desculpou por não ter compreendido seu ponto de vista naquele momento.

Nos bastidores, a conversa variou entre perguntas sobre a família de cada uma, até comentários sobre John. Segundo a imprensa, Suzanne disse a Joyce que voltou a conversar com John em 2003, quando ele ligou para ela para convidá-la a participar da série que ele estrelava na época, 8 Simple rules for Dating My Teenage Daugher. A ideia de John era reunir os três em uma sequência de sonho que seu personagem teria em um dos episódios. Mas as duas atrizes recusaram o convite. Pouco depois, o ator faleceu repentinamente, vítima de ataque cardíaco, aos 54 anos.
Fernanda Furquim: @Fer_Furquim

Confiram o vídeo abaixo:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=ks2NtZrSW8E&w=620&h=320%5D

Continua após a publicidade
Publicidade