Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por Onde Andam os Waltons?

A série foi um dos clássicos dos anos de 1970. Retratando a vida de uma grande família, “A Família Walton”  foi criada por Earl Hammer Jr., que se inspirou nas histórias de sua própria família. Narrada sob o ponto de vista do filho mais velho, um jovem de 17 anos que sonhava em ser jornalista, […]

Elenco de “Os Waltons” (Foto CBS/Arquivo)

A série foi um dos clássicos dos anos de 1970. Retratando a vida de uma grande família, “A Família Walton”  foi criada por Earl Hammer Jr., que se inspirou nas histórias de sua própria família. Narrada sob o ponto de vista do filho mais velho, um jovem de 17 anos que sonhava em ser jornalista, a trama iniciou na década de 1930 chegando até a 2ª Guerra Mundial.

Em contraste com “Tudo em Família”, sitcom que explorou com sacarsmo os problemas da sociedade e das relações familiares, “A Família Walton” ressaltou a importância do amor e da união familiar para vencer os desafios da vida. Seu sucesso fez surgir outra série que explorou a mesma narrativa, “Os Pioneiros/Little House on the Prairie”, atualmente em exibição no canal TCM.

Situada na região rural do estado da Virgínia, a família vivia na montanha Walton, onde mantinham uma serraria. Aparentemente, tratava-se de uma família de posses mas, ambientada no período da Grande Depressão econômica americana, a situação financeira dos Waltons era precária.

A família era formada por John (Ralph Waite) e sua esposa Olivia (Michael Learned), que tinham sete filhos: John-Boy (Richard Thomas), Jason (Jon Walmsley), Mary Ellen (Judy Norton), Ben (Eric Scott), Erin (Mary Beth McDonough), Jim-Bob (David W. Harper) e Elizabeth (Kami Cotler). Na casa também viviam os avós Zeb (Will Greer) e Esther (Ellen Corby).

A série teve início com o filme, “Nove Irmãos/Spencer’s Mountain”, de 1963, dirigido por Delmer Davis, que por sua vez era uma adaptação do livro de Earl Hammer Jr. Estrelado por Henry Fonda e Maureen O’Hara, o filme apresentava a vida da família Spencer vivendo nas montanhas, onde passavam por problemas e dificuldades. O filme ganhou uma versão televisiva em 1971.

Exibido pela CBS “Venha Passar o Natal Conosco Papai/The Homecoming – A Christmas Story”, conta a história da família Walton, vivendo nas montanhas da Virgínia. Estrelada por Andrew Duggan e Patricia Neal, a produção serviu de piloto para a série. O filme contou com as presenças dos mesmos atores que interpretariam as crianças na série, além de Ellen Corby que deu vida à Esther Walton.

A audiência do filme levou a Lorimar Productions a convencer a CBS a dar continuidade às histórias da família Walton. A série foi produzida entre 1972 e 1981, apresentando situações que envolviam a família e os moradores da cidade mais próxima.

A série surgiu na esteira das produções de sitcoms rurais, que fizeram sucesso na década anterior, mas, ao contrário delas, “A Família Walton” fazia uma abordagem dramática, fugindo da caricatura. Explorando o período histórico, a série foi uma das primeiras produções dramáticas a centralizar suas histórias em torno de uma família, que não vivia no velho oeste.

Depois de nove temporadas, a série chegou ao fim em 1981. Mas entre 1982 e 1997, os atores voltariam a se reunir em seis telefilmes: “A Wedding on Waltons’ Mountain”, “Mother’s Day on Walton’s Mountain”, “A Day for Thanks on Walton’s Mountain”, “A Walton Thanksgiving Reunion”, “A Walton Wedding” e “A Walton Easter”.

Desde então, os atores que estrelaram a série seguiram cada um seus próprios caminhos. Alguns se mantém na profissão, outros se afastaram. Vamos dar uma olhada em por onde andam os atores que interpretaram os membros da família Walton. Lembrando que Will Geer faleceu durante a produção da série, em 1978, fato que foi incorporado na história, quando o vovô Zeb morreu. Já Ellen Corby (Esther) faleceu em 1999, aos 87 anos, vítima de derrame.

Ralph Waite – Atualmente com 82 anos, o ator se manteve na ativa ao longo dos anos, seja em telefilmes ou participações especiais em séries. Em 1983, estrelou a série de curta duração “The Mississippi”. Em 1996, foi semiregular no elenco de “Crime em 1º Grau”; entre 2003 e 2005, interpretou o Reverendo Balthus, na produção da HBO, “Carnivàle”. Entre 2009 e 2010, esteve na novela “Days of Our Lives”, e desde 2008 tem feito participações em “NCIS”, na qual interpreta o pai de Gibbs (Mark Harmon).

Nos últimos anos, o ator também foi visto em episódios de “Bones”, como o avô de Booth (David Boreanaz), “Grey’s Anatomy”, “Arquivo Morto/Cold Case” e “CSI”. Seu trabalho mais recente é o filme “25 Hill”, em fase de pós-produção.

Interessado em política, o ator concorreu duas vezes a uma cadeira no Congresso Americano. A primeira em 1990 e a segunda vez em 1998. Desde 1984 é casado com Linda East, sua terceira esposa, tornando-se padrasto do filho dela, o ator Liam Waite, que adotou seu sobrenome. O ator também teve três filhos, em seu primeiro casamento.

Na época em que atuava em “A Família Walton’, Waite era alcoólatra. A série teria provocado uma mudança no comportamento do ator, que largou a bebida. Posteriormente, trabalhou como voluntário do ABC Alcohol and Recovery Center em Indio, Califórnia, chegando a se tornar membro da diretoria e depois Presidente. Após quase 30 anos afastado da igreja, o ator se tornou Ministro na igreja Presbiteriana, em 2010.

Atualização: 0 ator Ralph Waite faleceu no dia 13 de fevereiro de 2014.

Michael Learned – Apesar do nome masculino, trata-se de uma atriz, que atualmente está com 71 anos. Depois de “A Família Walton”, Learned estrelou mais três séries: “Nurses”, entre 1981 e 1982; “Hothouse”, 1988; e “Living Dolls”, em 1989. Recentemente, a atriz foi vista em participações especiais em episódios de “Law & Order: SVU”, “Arquivo Morto/Cold Case” e “Scrubs”, na qual interpretou a personagem Sra. Wilk em pelo menos oito episódios. Learned também esteve nas novelas “All My Children”, “One Life to Live” e “General Hospital”.

Learned também mantém sua carreira no teatro, onde nos últimos anos esteve no elenco de montagens como “Num Lago Dourado”, entre 2006 e 2007, e “Conduzindo Miss Daisy”, em 2008 e novamente em 2010, na montagem que é feita no Canadá.

Filha de um agente da CIA, que na década de 1950 viveu na Áustria passando-se como escritor, Learned planeja escrever um livro contando a história de seu pai. A atriz está em seu quarto casamento, sendo que teve três filhos de sua primeira união.

Richard Thomas – O intérprete de John-Boy está atualmente com 59 anos. O ator deixou o elenco da série em 1978 para seguir com sua carreira. Ao longo das décadas de 1980 e 1990, o ator dedicou-se a atuar em telefilmes e peças de teatro.

Entre 1997 e 1998, teve participações semiregulares em “Promised Land” e “O Toque de um Anjo”, nas quais interpretou o personagem Joe Greene. Entre 2002 e 2003, esteve no elenco da sére “Just Cause”. Recentemente foi visto em episódios de “Law & Order: SVU” e “Lei e Ordem”.

O  ator vem se dedicando mais aos trabalhos no teatro, onde iniciou sua carreira aos sete anos de idade. Em 2009 esteve em “Unusual Acts of Devotion”; em 2010 estrelou “Race”, ao lado de James Spader (Justiça Sem Limites). Seu telefilme mais recente é “Yesterday, Today and Tomorrow”, em fase de pós-produção.

O ator, que já é avô, está em seu segundo casamento, sendo que ele teve quatro filhos (incluindo trigêmeas) de sua primeira união, e um filho de sua segunda união.

Atualização: entre 2013 e 2016, o ator integrou o elenco da série “The Americans”

Jon Walmsley – O intérprete de Jason está com 54 anos. Nascido na Inglaterra, Jon já tinha feito participações especiais em “Daniel Boone”, “Combate” e “Meus Três Filhos”, antes de entrar para o elenco de “A Família Walton”. Com o fim da série, Jon passou a se dedicar a sua carreira como músico.

Ele formou a banda “The Ravers“, conhecida por tocar sucessos britânicos da década de 1960 em eventos familiares, sociais e empresariais, incluindo shows na Disneylândia.

Apesar de ter se afastado da carreira de ator, ele esteve em todos os filmes que reuniram o elenco de “A Família Walton”. Também foi visto em um episódio de “Sétimo Céu”. Em 2010, esteve no telefilme “Elf Sparkle and the Special Red Dress”, para o qual também colaborou com a trilha sonora.

Em 1979, Jon se casou com a atriz Linda Harrison, que interpretou Toni, a namorada de seu personagem em “A Família Walton”. O casal teve um filho, mas acabou se divorciando em 2008. Dois meses depois, Jon se casou com sua atual esposa, Marion.

Judy Norton – A atriz que deu vida à personagem Mary-Ellen está com 52 anos. Judy se casou durante a produção da série, adotando o nome de Judy Norton-Taylor, mas desde seu divórcio, em 2001, ela deixou de usar o sobrenome Taylor.

Judy entrou para o elenco de “A Família Walton” quando tinha 13 anos de idade. Quando a série encerrou, ela tinha 23 anos e encontrou dificuldades em se desassociar da imagem de sua personagem.

Além de uma participação em um episódio de “O Barco do Amor”, os únicos trabalhos que Judy teve foram os telefilmes que reuniram os personagens/atores de “Os Waltons”. Tentando se livrar da imagem de ‘moça boazinha’, Judy posou nua para a revista Plaboy em agosto de 1985. O fato não ajudou sua carreira.

No final da década de 1990, Judy foi vista em participações em episódios de “Millennium”, “Stargate SG-1″, “Beggars & Choosers”, “Hollywood Off-Ramp”, e no episódio piloto de “Ed”, no qual interpretou uma juíza.

Durante o período em que foi casada com o ator Randy Apostle, Judy morou no Canadá, onde o casal foi proprietário de uma rede de restaurantes-teatro conhecida como “Celebrations and Jubilations”, no interior do país. Com isso, Judy dedicou-se mais ao trabalho teatral, atuando como atriz, autora, produtora e diretora.

Após seu divórcio, a atriz retornou para os EUA, passando a viver em Los Angeles, com seu segundo marido, Robert Graves, com quem tem um filho. Desde então, Judy vem atuando no teatro, incluindo musicais, como atriz e diretora.

Judy Norton pode ser encontrada em seu site oficial e em sua página no Facebook.

Eric Scott – O intérprete de Ben está com 52 anos. Antes de “A Família Walton”, Eric chegou a ter participações em episódios de “A Feiticeira” e “Centro Médico”. Depois, foi visto em “Duro na Queda”. Pouco depois do fim da série, ele deixou a carreira de ator. Mesmo assim, esteve em todos os filmes reunions.

Eric arranjou um emprego na empresa Chase Couriers, na qual começou a trabalhar como motorista na entrega de mercadorias. Ao longo dos anos, foi subindo na carreira, passando pela área de vendas e chegando a Vice Presidente de Marketing no início da década de 1990. Desde 2006, ele é o proprietário da empresa, situada em Sherman Oaks, Califórnia.

Eric está em seu terceiro casamento. Sua segunda esposa, com quem teve uma filha, faleceu vítima de leucemia, doença que ela teria desenvolvido durante a gravidez. Casado desde 2001 com Cynthia Wolfen, Eric teve mais dois filhos.

Mary Beth McDonough – A intérprete de Erin está com 49 anos. Desde o fim de “A Família Walton” Mary faz parte do circuito de participações especiais. Entre elas, as mais recentes estão “The West Wing”, “Will & Grace”, “Justiça Sem Limites/Boston Legal” e “The New Adventures of Old Christine”, na qual tem participações recorrentes como a Sra. Wilhoite. Mary também está no elenco do filme “Lake Effects”, com Fred Savage, Jane Seymour e Madeline Zima, que será lançado este ano nos cinemas.

Em 2007, a atriz tornou público ter sofrido durante anos de Lúpus, doença que ela atribuiu ter adquirido através de implantes de silicone nos seios, os quais já teriam sido removidos. A partir de então, ela se tornou ativista na conscientização de mulheres dos perigos atribuídos aos implantes de silicone.

Em 1988, casou-se com Rob Wickstrom, com quem teve uma filha, e de quem se divorciou em 1996. Desde então, passou a viver em Orange County, California. Em abril desse ano, Mary lançará sua autobiografia: “Lessons from the Mountain“. A atriz também pode ser encontrada em sua página no Facebook.

David W. Harper – O intérprete de Jim-Bob está com 49 anos. Com o fim da série, o ator ainda foi visto no filme “Fletch”, ao lado de Chevy Chase, e “3:15 – A Hora do Confronto”, além dos telefilmes reunions de “A Família Walton”.

David deixou a carreira ao longo da década de 1990, passando a se dedicar às artes. Segundo informações do New York Times, datada de 2008, o ator teria feito carreira como negociador de artes, em Los Angeles. Avesso a publicidade, poucas informações existem a seu respeito.

Kami Cotler – A intérprete de Elizabeth está com 45 anos.  Quando tinha sete anos, a atriz integrou o elenco de “Me and the Chimp”, série de curta duração produzida em 1971. Com o fim de “A Família Walton”, Kami formou-se em Ciências Sociais. Morando em Nelson County, na Virgínia, trabalhou como professora do pré-primário.

Em 2003, Kami, o marido e os dois filhos mudaram-se para Los Angeles, onde desde 2007 é diretora de uma escola. A atriz pode ser encontrada no Facebook.

______________

Fernanda Furquim: @Fer_Furquim

Abaixo, a abertura da série:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Valéria Gonçalves

    Amei este seriado. Gostaria muito que minhas filhas tivessem a oportunidade de assistir. É muito bom lembrar que existiu de verdade uma época em que valores como : união,respeito,fidelidade,honestidade,compromisso,simplicidade eram importantes.Vira e meche retorno buscando noticias sobre a família Walton . É como se estivesse buscando noticias de mim mesma; Onde andará Valéria…..

    Curtir

  2. Comentado por:

    adail

    quanta mais quanta saudades mesmo , quando pequeno , assistia a este magnifico seriado ,onde os valores familiares eram maravilhosos, o respeito . a uniao familiar era bela e magnifica, hoje tenho 59 anos , assisto aos sabados , os waltons , na rede brasil, as 22hs, nao perco um só episodio. que saudades , pena que esta juventude nao conheceu esta maravilhosa serie , que pena mesmo. abraço a todos

    Curtir

  3. Comentado por:

    Ronaldo Francisco Ferreira

    Adorava esta série, na simplicidade da minha casa de interior, assistia em tv preto e branco, ficava emocionado com os problemas que a família enfrentava, muitas vezes parecidas com a minha situação naquela época. Aprendi muitos valores que hoje se perdem nas famílias, pois esta era uma família de verdade. Abraço a todos.

    Curtir

  4. Comentado por:

    rosãngelajacobue

    EU ainda amo esta família assisto todos os sabados assistia qdo tinha apenas 9 anos não perdia e não perco nem um dia; gostaria de assistir as outras fases da família.ESPERO que a RBTV continue á nos presentear com estas séries maravilhosas.PARABÈNS PELA INICIATIVA.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Claudio Borella

    Seria só coincidência ou foi planejado para que as datas de nascimento de Richard Thomas 13.06.51, e Earl Hamnr Jr 10.06.23, o personagem que ele representa na série, tivessem o mesmo mês de nascimento e só três dias de diferença?
    E Ralph Wait, 22.06.28. Kami Cotler, 17.06.65 e Ellen Corby 03.06.11 Que por sinal é a mesma data de meu nascimento, 03.06.60.
    Era uma das séries que eu mais gostava,não perdia um capitolo nos sábados à tarde na Globo, na década de 70. Hoje eu assisto a série na Rede Brasil SKY canal 371.

    Curtir

  6. Comentado por:

    tailor

    ma faz ter os ganhos dessa illuminati

    Curtir

  7. Comentado por:

    Roberto Rezende

    Fernanda,
    Gosto muito do seu trabalho. Com relação a THE WALTONS, seria legal uma atualização desta matéria. Ralph Waite já não se encontra mais com a gente, ou seja, não mais vive.
    Resposta – Obrigada Roberto! Já inclui o link para a matéria sobre a morte do ator. Abs.

    Curtir

  8. Oliver Winer

    Esta série,é de uma sensibilidade incrível!

    Curtir