Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

Homem da Máfia Entra na Lista de Remakes

A série da década de 1980, que se transformou em um marco da TV americana, pode ganhar uma nova versão pelas ‘mãos’ da NBC. O canal, que na atual temporada ofereceu uma versão inferior de “Prime Suspect”, clássico britânico, encomendou o roteiro de um episódio piloto do remake de “O Homem da Máfia/Wiseguy”, que será […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 1 dez 2016, 16h16 - Publicado em 26 out 2011, 10h41

A série da década de 1980, que se transformou em um marco da TV americana, pode ganhar uma nova versão pelas ‘mãos’ da NBC. O canal, que na atual temporada ofereceu uma versão inferior de “Prime Suspect”, clássico britânico, encomendou o roteiro de um episódio piloto do remake de “O Homem da Máfia/Wiseguy”, que será assinado por Alex Cary (Homeland).

Criada por Stephen J. Cannell e Frank Lupo, a série estrelada por Ken Wahl apresentava a vida de Vinnie Terranova, um agente federal que trabalhava infiltrado na máfia.

A série teve quatro temporadas produzidas entre 1987 e 1990, com exibição pela CBS. Em cada temporada Vinnie atuava com diferentes grupos da máfia, oferecendo histórias contínuas. “O Homem da Máfia” também apresentava episódios com histórias fechadas para fazer a transição entre cada arco.

Na primeira temporada, Vinnie trabalha como braço direito de Sonny Steelgrave (Ray Sharkey), chefe da máfia em Atlantic City. Ainda nesta temporada Vinnie passa a trabalhar para Mel (Kevin Spacey) e Susan (Joan Severance), traficantes de armas que têm como braço direito Roger Loccoco (William Russ), assassino profissional. Embora fossem irmãos, Mel e Susan mantinham relações sexuais.

Vinnie se afasta do serviço secreto e na segunda temporada mora com a mãe que, para desespero do filho, se casa com um mafioso, Don Rudy Aiuppo (George O. Petrie). Enquanto tenta dar um rumo para sua vida, seu irmão, o Padre Pete (Gerald Anthony), é assassinado. Assim, ele recupera seu emprego como agente federal para tentar descobrir quem mandou matar seu irmão. Suas investigações o levam à Calvin Hollis (Paul Guilfoyle), líder de um grupo que prega a supremacia branca.

Na mesma temporada, Vinnie é encarregado de desbaratar as atividades de Rick Pinzzolo (Stanley Tucci), que aterroriza os comerciantes de roupas. Entre eles, David Sternberg (Ron Silver) e seu pai Eli (Jerry Lewis).

Ainda na mesma temporada, Vinnie precisa se infiltrar na indústria da música e acabar com a máfia que atua nos bastidores das gravadoras. Auxiliando os empresários Isaac Twine (Paul Winfield) e sua esposa Amber (Patti D’Arbanville), Vinnie enfrenta Winston Newquay (Tim Curry).

Continua após a publicidade

Na terceira temporada, o padrasto de Vinnie, o mafioso Aiuppo, é assassinado e ele é eleito o chefe temporário da máfia local. Vinnie aproveita para conseguir várias provas que levam alguns dos mafiosos à prisão. Mais tarde, ele descobre que Aiuppo forjou sua morte com o intuito de levar Vinnie a eliminar alguns dos mafiosos que o traíam.

Na mesma temporada, Vinnie é encarregado de se infiltrar na máfia japonesa, que vem fabricando Yen falso enviando-o ao Japão para minar a economia do país. Mas tudo era um plano de agentes do governo, ex-integrantes da gangue de Mel Profit, que tentam acabar com Vinnie, levando-o a se tornar alvo de investigação de um Comitê do governo. Ainda na terceira temporada, Vinnie se afasta novamente da agência. Viajando pelo interior, ele acaba assumindo o cargo de xerife de uma pequena cidade no interior do estado de Washington. A cidade, sob o comando do inescrupuloso Mark Volchek (Steve Ryan), está aterrorizada com as mortes cometidas por um assassino em série.

(E-D) McPike, o salva vidas e Vinnie

Quando a última temporada da série teve início, Steven Bauer substituiu Ken Wahl, que foi despedido pela produtora, a Stephen J. Cannell Productions, após uma disputa contratual.

Na história, Vinnie é dado como desaparecido enquanto investigava a máfia de Miami. Assim, Michael Santana (Bauer) é encarregado pelo chefe de Vinnie, McPike (Jonathan Banks), de encontrá-lo.

Quando eles descobrem que Vinnie foi assassinado, Michael se infiltra na máfia cubana comandada por Armando Guzman (Maximilian Schell), que teria ordenado a morte do agente.

A troca de protagonista levou à queda na audiência e ao cancelamento da série. Em 1996, foi produzido um telefilme que ignorou os fatos ocorridos na quarta temporada. Assim, Vinnie Terranova está vivo, novamente interpretado por Ken Wahl. Se produzido, o remake ficará com a 20th Century Fox em parceria com a Chernin Entertainment, que teriam adquirido os direitos de adaptação da série.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=l_n6Ll4XGhk&w=620&h=330%5D

Continua após a publicidade
Publicidade