Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

BBC aprova a produção de ‘Going Forward’, sequência de ‘Getting On’

Quem acompanhou a Getting On produzida pela HBO talvez não saiba, ou não se lembre, que ela é um remake de uma série inglesa criada e estrelada por Jo Brand, Joanna Scanlan (The Thick of It, No Offence) e Vicki Pepperdine (Up the Women, Together, A Young Doctor’s Notebook) exibida entre 2009 e 2012 no Reino […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 30 jul 2020, 23h20 - Publicado em 9 mar 2016, 11h28

GoingForward

Quem acompanhou a Getting On produzida pela HBO talvez não saiba, ou não se lembre, que ela é um remake de uma série inglesa criada e estrelada por Jo Brand, Joanna Scanlan (The Thick of It, No Offence) e Vicki Pepperdine (Up the Women, Together, A Young Doctor’s Notebook) exibida entre 2009 e 2012 no Reino Unido. Pois esta é a versão original terá agora uma sequência, criada e estrelada por Brand.

Em Getting On, o público acompanhou os trabalhos de enfermeiros e médicos em uma ala geriátrica de um hospital público. Entre eles, Kim Wilde (Brand), uma enfermeira aposentada que volta a atuar na área e descobre que os tempos mudaram. Não apenas a tecnologia é outra como também surgiram leis e regras que redefiniram a forma como as enfermeiras devem exercer seu trabalho, sobre as quais ela não foi informada.

Denise Flixter (Scanlan), sua colega de trabalho e superior, é uma enfermeira que se atém às normas do hospital e da profissão, muitas vezes sem se preocupar se o paciente está ou não sendo bem atendido. Já a Dra. Pippa Moore (Pepperdine) é uma cientista que se interessa pelas doenças de seus pacientes, não propriamente por eles. Egocêntrica e sem qualquer tato social, ela vive dizendo ou fazendo coisas que a diminuem perante suas colegas e pacientes, embora não perceba isso.

Em Going Forward, o público continuará a acompanhar a vida e os trabalhos de Kim. Funcionária de uma empresa terceirizada que passa por problemas financeiros, Kim atende diferentes domicílios prestando serviços como cuidadora. Recebendo pouco mais que um salário mínimo, ela tem que aguentar as horas extras (que não são pagas), o bullying da gerência e as difíceis escalas de trabalho.

Continua após a publicidade

Seu marido Dave (Omid Djalili, de The Paul Reiser Show, Dickensian, Lucky Man) não está melhor que ela. Profissional autônomo, ele atua como motorista de aluguel, enfrentando o mal-humor de seus clientes. Seu melhor amigo e colega é Terry (Tom Davis, de Plebs, Cockroaches), com quem ele costuma conversar entre um trabalho e outro.

No elenco também estão Imogen Byron e Ben Colbert, como os filhos de Kim e Dave; e Harry Haynes.

A primeira temporada terá três episódios que retratarão três dias da vida de Kim.

A produção é da Vera Productions, sendo que os roteiros serão assinados por Brand, que foi enfermeira psiquiátrica antes de iniciar sua carreira artística. A direção será de Michael Cumming.

A previsão de estreia é para o segundo semestre deste ano. Ainda não há informações sobre se Scanlan e Pepperdine farão participações especiais.

Quem tiver a oportunidade de conferir Getting On, a série original, não perca! Ela é melhor que a versão americana que, por si só, já é muito boa.

Continua após a publicidade
Publicidade